Dores na coluna: como melhorar com Pilates

Por Monica Marques
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

Você sente dores na coluna com frequência? Se sua resposta foi positiva, leia até o fim que com certeza iremos te ajudar. Essas dores podem ser provenientes da má postura, da falta de exercícios ou até mesmo devido a alguma patologia.

Veja mais nesse post.

O que é bom para dor na coluna?

As queixas de dores nas costas aumentaram muito nos últimos tempos devido ao isolamento social, o home office e a pausa nas atividades físicas contribuíram muito para isso.

Muita gente acredita que quando se tem alguma patologia não se pode praticar exercícios, e isso é um erro muito grave. O corpo precisa de movimento, porém com a supervisão de um bom profissional. 

A dor na coluna é um mal recorrente na sociedade moderna. Vícios posturais aliados à fraqueza muscular estão sendo apontados como principais fatores para ocorrência de dores lombares, cervicais e torácicas.

O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 por Joseph Pilates que tem como conceito principal a contrologia que nada mais é do que o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo.

A partir disso, ele trabalha flexibilidade, mobilidade, fortalecimento muscular e consciência corporal. Esses pilares irão ajudar tanto nas dores causadas por algum desvio ou problema na coluna quanto as motivadas por má postura ou fraqueza muscular.

O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

Quais as dores de coluna mais comuns?

A mais comum é dor na lombar, isso porque essa região é responsável pela estabilidade, porém, normalmente ela executa todos os movimentos causando compensações que resultam no incômodo. Usando os princípios citados acima o corpo fica mais consciente, forte e flexível resultando no alívio desse problema. 

A causa mais comum das dores lombares é o sedentarismo e muitas pessoas ainda interrompem suas atividades físicas quando sentem algum desconforto. Claro que tudo sempre tem que ser avaliado por um ortopedista.

Outra queixa muito relatada pelos alunos são as cervicalgias (dor na cervical). Muitas vezes, são ocasionadas por má postura, esforço prolongado, mal jeito ao dormir, estresse entre outros fatores. 

Com o Pilates, conseguimos fortalecer a musculatura de sustentação e relaxar os músculos tensos sem contar que a consciência corporal adquirida com o método melhora a postura, a forma de andar, sentar, trabalhar, dormir e realizar todas as atividades de vida diária.

A dor na região torácica também tem sido relatada pelos alunos, porém em menor escala. Normalmente, é ocasionada por falta de exercícios específicos para região, excesso de carga nas costas, ficar muito tempo na mesma posição etc. 

Os exercícios de Pilates são globais, em um único você consegue recrutar muitos músculos. Isso faz com que a estrutura corporal fique forte, funcional e flexível, consequentemente, as dores amenizam muito ou até mesmo somem.

Principais patologias que acometem a coluna

Iremos citar algumas patologias de coluna que são comuns nos estúdios de Pilates e que tem ótimas respostas com algumas sessões:

  • Hérnia de disco: consiste no deslocamento do núcleo pulposos além dos limites do ânulo fibroso;
  • Espondilolistese: escorregamento ou deslizamento do corpo vertebral no sentido anterior, posterior ou lateral;
  • Hiperlordose: desvio postural onde ocorre um aumento da concavidade da região cervical e lombar;
  • Hipercifose: desvio postural em que ocorre um aumento da convexidade posterior da coluna vertebral torácica;
  • Escoliose: nome dado ao desvio postural que é caracterizado pela inclinação, rotação e extensão das vertebras que pode ser em forma de “C” ou “S”.

Esses são os casos mais comuns de dores na coluna que atendemos, porém, não são os únicos. Caso a sua patologia não tenha sido citada aqui, não quer dizer que não possa praticar, muito pelo contrário, hoje está provado que o movimento é o melhor remédio. 

Converse com seu médico e com nossas instrutoras para entender como aliviar dor na coluna.

Exemplos de exercícios para dor na coluna

Seguem alguns exemplos de exercícios que são muito benéficos nesses casos:

1-     Swam na step chair 

  • Posição inicial: decúbito ventral com as mãos no pedal do aparelho e braços estendidos.
  • Execução: subir o tronco sem flexionar os cotovelos
  • Objetivo: alongar os músculos da cadeia anterior do tronco e mobilizar a coluna vertebral.
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

2- Hanging Pull Ups no cadilac

  • Posição inicial: segurando nas hastes horizontais com braços estendidos e pés na barra trapézio.
  • Execução: fazer hiperextensão da da coluna e do quadril.
  • Objetivo: alongar os músculos da cadeia anterior e mobilizar a coluna.
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

3- Shouder bridge no ladder barrel

  • Posição inicial: cervical e trapézios apoiados no barril e os pés no degrau mais alto da escadinha.
  • Execução: subir e descer o quadril.
  • Objetivo: fortalecimento de glúteos e posteriores de coxa e mobilização de coluna e quadril.
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

4- Mermeid no reformer

  • Posição inicial: sentar lateralmente com as pernas para trás e os braços na barra.
  • Execução: Empurrar a barra inclinando o tronco sem deixar o quadril subir.
  • Objetivo: alongar e mobilizar os músculos laterais do tronco e fortalecer os oblíquos.
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

5- Tower no cadilac

  • Posição inicial: em decúbito dorsal, flexione o quadril a noventa graus e apoie o pé na barra torre.
  • Execução: faça a extensão do joelho elevando a barra para cima e suba o quadril simultaneamente.
  • Objetivo: fortalecer glúteo médio, glúteo mínimo, glúteo máximo, reto abdominal, mobilizar a coluna vertebral e alongar a cadeia posterior.
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

6- Monkey suspenso no cadilac

  • Posição inicial: mãos e pés na barra móvel horizontal da gaiola do aparelho (mãos por fora, pés por dentro).
  • Execução: empurrar o carrinho para trás tentando esticar as pernas.
  • Objetivo: alongar os músculos da cadeia posterior, fortalecer o músculo reto abdominal e mobilizar coluna.
O Pilates é um método de atividade física criado no século 20 que ajuda a aliviar muito a dor na coluna. Conheça alguns principais exercícios.

Esses foram alguns exemplos da infinidade de exercícios de Pilates, sem contar as variações de cada um de acordo com a evolução e limitação dos alunos. 

É possível observar mesmo com esses poucos exemplos o grau de dificuldade de alguns exercícios, muitos alunos mesmo com problemas sérios de coluna conseguem fazer posturas mais avançadas sem sentir desconforto. 

Isso é resultado de treino, vamos avançando de acordo com a resposta de cada um e o melhor parâmetro é justamente a dor. 

No decorrer das sessões a dor vai amenizando e conseguimos passar exercícios mais desafiadores que, além de ser benéfico para o físico, aumenta muita a autoestima, os alunos ficam muito orgulhosos de verem a própria evolução.

Com isso convidamos você para conhecer nossa metodologia e nosso espaço. Com a certeza sua qualidade de vida irá melhorar significativamente!

Veja mais sobre Pilates neste vídeo:

Veja Também

Comente!