Medicina Integrativa: benefícios para corpo, mente e espírito

Por Monica Marques

Medicina Integrativa beneficios para corpo, mente e espirito

Quem quer reduzir o estresse e melhorar sua qualidade de vida, foi recentemente diagnosticado com uma condição médica ou sofre com uma doença crônica, está apto a se beneficiar de uma consulta na Medicina Integrativa

Essa é uma modalidade médica que começou a surgir no início dos anos 2000 e traduz uma maneira diferente de exercer o cuidado médico tradicional, tratando o paciente como um todo, incluindo todos os aspectos do seu estilo de vida.

Vamos conhecer mais a medicina integrativa, o que é, e os benefícios de apostar nesta forma de tratamento. 

O que é medicina integrativa?

A medicina integrativa é uma abordagem médica que combina as práticas da medicina tradicional com outros tratamentos que visam cuidar do corpo, mente e espírito do paciente.

Pelos princípios dessa nova abordagem não há rejeição da medicina tradicional, ou seja, quem quer saber o que significa medicina integrativa deve entender que o tratamento médico convencional vai ser combinado a modificações no estilo de vida.

Essas práticas mente e corpo vão capacitar o paciente a ter autonomia no cuidado com a sua própria saúde.

Para entender bem a filosofia da medicina integrativa, basta saber que essa especialidade médica pode ser definida pelo conceito de saúde fornecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS): “Um estado completo de bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença e enfermidade”.

Na medicina integrativa, as influências mentais, emocionais, físicas, espirituais e até ambientais que afetam a sua saúde do paciente são consideradas para elaborar o melhor tratamento.

Para entender melhor, é possível pensar no exemplo de uma pessoa que sofre de câncer e faz quimioterapia, mas pelas medicinas integrativas também se beneficia com um tratamento paralelo de acupuntura ou meditação para minimizar os efeitos colaterais do processo oncológico.

Para isso, na consulta médica são avaliadas questões relacionadas ao gerenciamento do estresse, alimentação, sono, atividade física, fadiga e outros sintomas para desenhar um plano de cuidado personalizado. 

Não basta só o remédio, a equipe envolvida vai cuidar para desenvolver um plano para o paciente que vai ajudá-lo a desenvolver hábitos mais saudáveis, como uma alimentação mais inteligente e nutricional e exercícios adequados à sua condição, como uma musculação ou hidroginástica.

Todas as práticas da medicina integrativa irão buscar a restauração e manutenção da saúde e o bem-estar do paciente ao longo da vida, mas sempre embasadas na ciência. 

Por isso, a medicina integrativa difere da medicina funcional integrativa que troca remédios por alimentos e exercícios, e tem sido uma prática polêmica entre profissionais da saúde, pela falta de comprovações científicas.

Objetivos da medicina integrativa 

Com essa especialidade médica, o paciente poderá contar que vai encontrar um profissional que tenha uma firme parceria com ele, um foco em tratamentos não invasivos e compromissos com tratamentos baseados em evidência.

Os objetivos da medicina integrativa são:

  • Reduzir seus sintomas médicos;
  • Entender a ligação entre estresse e problemas físicos/emocionais; 
  • Aprender a desligar seu próprio estresse através de novos comportamentos e atitudes; 
  • Desenvolver habilidade em uma variedade de técnicas que provocam a resposta de relaxamento;
  • Incorporar com sucesso os princípios e práticas da mente / corpo, para melhorar a saúde e bem-estar geral;
  •  Aprender a importância de uma alimentação saudável e atividade física para sua saúde e bem-estar geral;
  •  Apoio ao tratamento de doenças crônicas.

A Cia Athlética também oferece consulta de medicina integrativa com a dra. Regina Chamon.

 Sobre a Dra Regina Chamon  

Médica Hematologista formada pela Unicamp

Trainee da Harvard Medical School no programa SMART (Stress Management and Resilience Training)

Docente da Unifesp no Curso de Formação de Facilitadores em Meditação para a Saúde

Pós graduada em Medicina Integrativa pelo Hospital Albert Einstein

 

 

 

Veja Também

Comente!