Ginástica localizada: 9 benefícios deste treino completo

Por Monica Marques

Ginástica localizada SJC: 9 benefícios deste treino completo

A ginástica localizada é uma ótima opção para conquistar um corpo bonito e bem definido. Além da definição dos músculos, a ginástica localizada proporciona também um bom condicionamento físico.

Essa é uma das modalidades mais comuns nos últimos anos, encontrada em praticamente todas as academias e, em vários locais onde se praticam algum tipo de atividade física, é a que atrai a maior quantidade de adeptos. Vamos conhecer um pouco mais sobre essa atividade!

Leia também: Personal trainer

O que é ginastica localizada?

Se você não faz atividades físicas pode estar curioso, afinal, o que é ginástica localizada?

Resumidamente: a ginástica localizada são exercícios que utilizam movimentos repetitivos e focados em determinados grupos musculares. Os exercícios são organizados em séries, separadas por pausas para o descanso dos músculos.

guia de alimentação saudável na quarentena

Na aula de ginástica localizada são usados vários equipamentos, como:

  • halteres
  • tornozeleiras
  • bastões
  • barras

Os halteres aumentam a sobrecarga nos exercícios para os braços, ombros, peito e costas; os bastões e pesos são usados para intensificar o trabalho das pernas, panturrilha e glúteos.

Na ginástica localizada, exercícios em série envolvem músculos específicos do corpo.

Toda aula de ginástica localizada deve ter uma progressão suave, começando por um aquecimento com exercícios leves para preparar e aquecer os músculos. Ao final do treino, pode-se alongar os mesmos músculos, para relaxar e evitar dores.

A quantidade de peso usada durante a ginástica localizada depende de cada pessoa e do seu condicionamento físico. O ideal é começar com pouco peso e depois ir aumentando aos poucos, conforme você for avançando.

Inicialmente são trabalhados os membros superiores começando pelos tríceps e seguindo com bíceps, ombros, peitoral e costas. São trabalhados também os músculos abdominais e depois os membros inferiores que são as coxas, glúteos e panturrilha.

Ginástica localizada 9 benefícios deste treino completo

Onde surgiu a ginástica localizada?

A ginástica localizada como Ginástica de Academia, surgiu no Estado do Rio de Janeiro, em meados de 1930.

Os primeiros professores de Ginástica de Academia no Brasil eram estrangeiros e por muito tempo sofreram influências europeias da Ginástica Rítmica de Dalcroze, do ballet e da dança moderna.

Com o passar dos anos, os trabalhos foram adaptados de acordo com as necessidades do povo brasileiro, desenvolvendo-se métodos próprios voltados aos valores estéticos.

Os exercícios de ginástica localizada são divididos em grupos. E são feitos em séries.

As séries de ginástica localizada possuem repetições e intervalos de 40 a 60 segundos.

Os exercícios localizados são completos, pois trabalham e definem todos os músculos do corpo, podendo levar a uma redução significativa da gordura localizada e redução das medidas.

A ginastica localizada aliada a uma alimentação saudável e equilibrada traz resultados ainda mais rápidos. A orientação de profissionais de educação física e nutrição é fundamental para quem tem o objetivo de emagrecer. O nutricionista fará a avaliação e planejamento da alimentação, enquanto o educador físico orientará a execução dos movimentos para realizá-los de maneira correta.

Ginástica localizada SJC: 9 benefícios

Quais os benefícios da ginástica localizada para a saúde?

São inúmeros os benefícios da ginástica localizada. Com a média de uma hora, a aula de ginástica localizada gera um elevado gasto de energia, isso faz com que você possa perder até 500 kcal por aula. Mas os benefícios da atividade não param por aí.

O coração e os pulmões trabalham com mais intensidade para poderem bombear oxigênio suficiente para os músculos. Desse modo, esses órgãos ficam mais fortes, o que previne doenças cardiovasculares e respiratórias.

Além disso a ginástica localizada exige concentração e foco, que melhoram a coordenação motora, o equilíbrio e a agilidade.

Os praticantes também ganham amigos! As aulas em grupo promovem sociabilidade, proporcionam maior contato humano e boa forma física.

Confira os benefícios ginástica localizada:

  1. Reduz gorduras e medidas corporais
  2. Proporciona perda de peso, quando praticada regularmente
  3. Proporciona bem-estar, eleva autoestima, reduz o estresse e aumenta a disposição
  4. Melhora o condicionamento físico
  5. Contribui para a melhora da qualidade de vida
  6. Melhora o quadro de algumas doenças como as cardiovasculares (hipertensão, colesterol elevado, nível de triglicérides elevado, doenças coronarianas), respiratórias, diabetes, obesidade, entre outas
  7. Melhora o equilíbrio, agilidade e o sistema motor
  8. Previne doenças cardiovasculares e respiratórias por fortalecerem o funcionamento dos pulmões e coração
  9. Quando praticada em grupos promove uma maior interação sociabilidade entre as pessoas

Principais modalidades de exercícios localizados

Ginástica localizada: permite um ganho pequeno de massa muscular e não um aumento acentuado, devido ao uso limitado de peso nas aulas.

Os exercícios usualmente praticados nesta modalidade são: agachamentos, supinos, desenvolvimentos, puxadas, flexões de braços, abdominais, glúteos.

Musculação: Tem como principal atividade o treinamento para força e hipertrofia, mas também aborda o treinamento de flexibilidade e correção postural.

Ambas as atividades se baseiam em uma sequência de exercícios dirigidos para cada um dos principais grupos musculares.

As principais diferenças entre ginástica localizada e treinos de musculação são:

  • Na localizada os treinos são coletivos, e na musculação são individualizados
  • Na musculação, costuma-se usar equipamentos que permitem grandes cargas, na localizada os acessórios têm carga limitada
  • Na localizada utilizam-se séries com grande número de repetições, enquanto na musculação a carga é maior e permite menos repetições.

Ginástica localizada SJC

O aquecimento também é muito importante para quem pratica ginástica localizada

Antes de começar as aulas de ginástica localizada, é imprescindível fazer uma bateria de alongamentos. O ideal é, inclusive, fazer por 10 minutos, com exercícios de baixa intensidade e outros de pré-aquecimento.

Esses movimentos devem ser feitos de maneira suave e pouca amplitude, visando uma adaptação músculo-articular e orgânica, preparando-se para elevação gradual da frequência cardíaca e do esforço muscular.

Quem pode fazer ginástica localizada?

Qualquer pessoa desde que esteja em boas condições de saúde e que não possua nenhum impedimento de realizar os exercícios propostos.

Pessoas com dores nas articulações, músculos ou na coluna precisam de uma avaliação mais completa de um profissional qualificado, que neste caso é o educador físico. O profissional de Educação Física pode solicitar também o atendimento de um médico ou fisioterapeuta nos casos de pacientes com dores severas, problemas cardiovasculares ou respiratórios.

Modalidades complementares

Se você procura a ginástica localizada com o objetivo de perder peso, é recomendado que você adicione ao seu programa também uma atividade aeróbica como esteira, bicicleta, corrida ou hidroginástica.

Agende agora mesmo uma aula experimental!

Veja Também

Comente!